logo.gif

 
Arte Grega
Escultura Grega
Pintura Grega
Arquitetura Grega
Teatro e Poesia Grega
Fale Conosco
Mapa do Site

   
 





Arquitetura Grega
 
arquitetura-grega.jpg
 
As edificações que despertam maior interesse na arquitetura grega são os templos. Construídos  com o intuito de se proteger as esculturas de deuses e deusas das chuvas e do sol excessivo, os templos não foram construídos, como se imaginava, para reunir, eu seu interior, um grupo de pessoas para um culto religioso. Um dos mais conhecidos é a Acrópole de Atenas, construído, entre os anos de 447 a 438 a.C., no ponto mais alto da cidade.

O que mais evidencia as características dos templos gregos é a simetria que existe entre o pórtico de entrada, conhecido como pronau e o dos fundos, o opistódomo. Seu núcleo era formado por essas estruturas e, pelas naus, um recinto onde ficava a imagem da divindade. Ele era cercado também por uma colunata conhecida pelo nome de peristilo. A formação dessa colunata já chegou a ter duas séries de colunas que ficavam em torno do núcleo do tempo. Isso geralmente acontecia em cidades mais ricas.

Os principais estilos explorados pelos gregos na arquitetura, foram o jônico, o dórico e o coríntio. Eles eram diferenciados principalmente pelo feitio do capitel das colunas. No estilo jônico, destaca-se o uso evidente dos traços de elegância e beleza. São exclusividades do estilo dórico a funcionalidade e o rigor das formas, expressões nítidas em Esparta (município da Grécia). Em Corinto (uma das cidades gregas mais opulentas), há predominância de decorações que remetam à abundância e à riqueza de detalhes.  Os construtores do Partenon merecem destaque. São eles: Ictínio e Calícrates.

Os gregos pertencentes ao período helenístico, ou seja, que viviam em vários reinos e não mais nas comunidades consideradas cidades-estados, passaram a substituir os seus sentimentos de cidadãos, por sentimentos individualistas. Esse é o principal ponto que passa a influenciar, imediatamente,
na arquitetura de suas moradias.

cultura-grega.jpgAinda no século V a.C., as casas gregas eram bastante modestas. Somente os edifícios públicos eram construídos com um pouco mais de requinte. Entretanto, as casas começaram a receber uma atenção maior, quanto às questões de espaço e conforto – esse contexto se deu a partir do século IV a.C.

Estátu
a de Zeus em Olímpia, Partenon de Atenas, Colosso de Rodes, Tempo de Ártemis em Éfeso e Farol de Alexandria são uns dos grandes exemplos de construções da Grécia Antiga.